Notícias & Novidades

Como interpretar os sintomas dos animais através da anamnese vibracional

Dra. Daniela Franco Lopes

Como Médica Veterinária Bioenergética há 17 anos, sou sempre questionada pelas pessoas e muitos perguntam como é possível um médico veterinário interpretar e tratar um paciente que não fala.

Os animais são seres iluminados que dividem o planeta e experiências energéticas. Porém existem pessoas que ainda não compreenderam a necessidade de respeitar e amá-los, talvez pela infeliz colocação da ‘coisificação’ do animal deixada por Darwin, que considerava os animais como máquinas insensíveis, seres irracionais, sem inteligência, sem sentimentos e emoções, que tinham um único objetivo: SERVIR O HOMEM. Seja em suas necessidades alimentares ou como serviçais, puxando carroça, servindo de adorno em casacos e peles, auxiliares na caça, guarda da casa, totalmente subjugados em testes da Indústria Cosmética e Farmacêutica e, além disso, por também não possuírem alma segundo o grande filósofo Descartes em sua grande obra de Filosofia do século XIX.

Após a década de 60, diversos estudos na área da neurociência, demonstraram não apenas que todos os mamíferos possuem racionalidade, mas que sofrem e sentem dor, saudade e pesar. A recente publicada declaração de Cambridge de 2013 relata o nível de consciência, explicando que Ser consciente tem várias interpretações e outras tantas implicações.

Rupert Sheldrake demonstrou que eles podem se comunicar por telepatia e que a diferença da consciência dos cães para os humanos é apenas quantitativa e não qualitativa. A descoberta de que a consciência não é processada em regiões exclusivas ao cérebro humano foi explicada, pois anteriormente os neurocientistas acreditavam que isto se devia à presença de uma região anatômica exclusiva dos seres humanos que é atribuída a esta qualidade.

Pesquisadores da University of Southern Califórnia mostraram que a consciência seria gerada em um processo em rede, envolvendo não apenas uma parte do cérebro, mas várias delas, também presentes nos animais. As revelações levaram à tese de que os bichos também poderiam ser seres conscientes e que apenas polvos e primatas reconhecem sua imagem no espelho — o que pesquisadores vêm provando até com seus animais de estimação.

Isso ajuda-nos a perceber a nossa marcha rumo à evolução espiritual, nos tornando mais receptivos e sensíveis às necessidades dos nossos companheiros de jornada, encaminhando os animais a médicos veterinários especializados em estudar e proporcionar uma melhoria na qualidade de vida, não apenas dando conforto básico de alimento, água e condições adequadas de sobrevivência, mas na interpretação real dos anseios psíquicos que acercam o Campo Eletromagnético dos animais, gerando desequilíbrios energéticos.

Através da utilização de Terapias Vibracionais em humanos promoveremos a saúde quântica que refletirá positivamente nos animais, promovendo a abertura da consciência humanitária, nos fazendo procurar alimentações vegetarianas e vivas, que libertem os animais do sofrimento. Isso também refletirá em condutas pacifistas de nos dispormos mais ao auxílio do próximo e do entendimento do papel evolutivo deles neste mundo, não permitindo que nossas insatisfações, frustrações e medos declinem sobre eles, causando diversas doenças.

É de suma importância que o médico veterinário esteja atento para perceber na consulta quais são os anseios deste animal. Sua relação com a casa, o dono e habitantes, escutando atentamente não apenas palavras que montam uma anamnese, mas a linguagem corporal dos dois seres que compartilham energias dono-animal.

vet3
Cute golden retriever dog waiting for a snack.

A Anamnese começa pelo exame clínico presencial, inspecionando todos os sistemas orgânicos que formam o organismo. Estimule o proprietário a relatar tudo que diz respeito ao mental e emocional do paciente, organizando uma resenha ou ficha clínica que formará o prontuário do paciente, como exemplificado abaixo:

  • Nome;
  • Idade;
  • Raça;
  • Sexo;
  • Pelagem;
  • Histerectomizada;
  • Orquiectomizado;
  • Queixa principal;
  • Início da doença;
  • Tratamentos anteriores;
  • Doenças anteriores, familiares;
  • Melhora ou piora em relação clima, horário, periodicidade;
  • Histórico vacinal;
  • Sintomas mentais (são muito observados e valorizados em conjunto aos sintomas clínicos relatados e observados na Anamneses Vibracional, pois aqui temos a chance de verificar a Diátese que nosso paciente está e de qual ele partiu ao nascer);
  • O que prefere? Companhia ou solidão?
  • Como se comporta perto e longe do dono?
  • Como se comporta com outros animais?
  • Como reage a repreendas?
  • Quando agride? Quem agride?
  • Tem ciúmes?
  • Como reage ao afeto?
  • Como reage as ordens?
  • Humor e temperamento (agitação, lento, deprimido, obstinado)?
  • Medos (sons, pessoas, objetos, situações), sustos, ruídos;
  • Sono
  • Como reage em locais fechados e preso?

Interpretação:
Diátese ou terreno, assim expressado por Hahnnemann, o pai da Homeopatia, e posteriormente com estudo da Ortomolecular por Ménétrier, expressa a aptidão orgânica à existência e desenvolvimento de doenças, incluindo as possibilidades de defesa perante as agressões, Evolui no decurso da vida por modificações secundárias de uma receptividade geral.
1º passo: A identificação da Diátese para que possamos entender o processo evolutivo da doença e que mecanismos poderiam estar intrincados desde seu início e desenvolvimento.
2º passo: A prescrição é complementada com Modulador e Indutor Frequencial Floral
3º passo: Tratar a disbiose é uma decisão sábia, pois a limpeza do segundo cérebro facilita a excreção e a varredura de toxinas e metais pesados que sejam também agentes causadores de doenças e que impedem os processos que levam à cura.

Publicado originalmente aqui

Ficou interessado no assunto?

Conheça nosso cursos de Acupuntura Veterinária e Terapia Quântica.

Siga o IBRATE e acompanhe as novidades!

Veja Também