Notícias & Novidades

Quarentena: 5 dicas para uma alimentação saudável em casa

Com a pandemia do coronavírus, nossas vidas mudaram de várias maneiras.

Entre a rotina bagunçada e o isolamento social, nosso estilo de vida foi prejudicado. Com a quarentena, chega o sedentarismo, ansiedade, desanimo e má alimentação.

Para retomar um estilo de vida saudável, uma boa dieta é indispensável.

Afinal, a deficiência de nutrientes é um dos fatores que levam ao cansaço e estresse. Por outro lado, comidas saudáveis melhoram nossa imunidade, metabolismo e disposição.

A seguir, confira 5 dicas simples para você melhorar sua alimentação na quarentena:

5 dicas para uma alimentação saudável durante a pandemia

1. Aproveite para descobrir!

Ao ficar mais tempo em casa, temos mais tempo para explorar o mundo da culinária.

Aproveite a quarentena para pesquisar novas receitas, e provar novos ingredientes. Uma dieta variada é benéfica para o corpo e até para a mente, já que deixa o ato de cozinhar mais prazeroso.

Outra vantagem é a flexibilidade de reutilizar alimentos para outros pratos. O arroz de ontem, por exemplo, pode virar um bolinho! Isso evita o desperdício — sem cansar o paladar.

2. Programe e cozinhe suas refeições

Por mais tentador que o Delivery seja, há um valor enorme em cozinhar a própria comida.

Além de ser um momento de descanso, colocar a mão na massa é mais saudável e traz muito aprendizado sobre nutrição.

Por isso, separe um tempo da quarentena para preparar sua própria comida. Para não atrasar a rotina, defina horários para cozinhar e para comer.

Se necessário, deixe alguns ingredientes preparados antes. Esse planejamento economiza tempo e diminui a tentação de pedir sua refeição em aplicativos.

Outra vantagem nessa organização é o balanceamento da sua dieta. Uma boa dica, por exemplo, é fazer um prato mais cheio no café da manhã, e um mais leve para a janta. Esse truque auxilia a manter o peso e também contribui para uma boa noite de sono.

3. Tenha um plano alimentar

A dieta ideal é rica em nutrientes, enquanto leva em conta sua saúde e estilo de vida. Por isso, o auxílio especializado é vital para uma alimentação saudável.


Durante o isolamento social, muitos nutricionistas estão atendendo online. Além disso, é possível receber auxílio profissional gratuito na plataforma Nutricuca.

Através do site, é possível fazer avaliações e acessar conteúdos que batem com os resultados — tudo com curadoria de quem entende do assunto.

4. Higienize bem seus alimentos

A limpeza de nossas compras sempre foi importante. Agora, com o Covid-19, ela passa a ser essencial.

Os alimentos merecem atenção especial ao voltar do mercado. Para saber como higienizar corretamente seus produtos, confira nosso post sobre o assunto!

Uma dica valiosa é minimizar as idas ao mercado. Para isso, invista em alimentos não-perecíveis ou com longo prazo de validade. Também vale comprar itens extras para congelar em casa.

5. Respeite suas vontades, mas imponha limites

A comida é uma fonte de conforto e alívio. Por isso, em tempos de tensão, a tendência é comer mais — especialmente alimentos como doces e fast food.

A pandemia é um caso especial, e extremo, que desencadeia preocupações a longo prazo.

Por isso, o foco da sua dieta não deve colocar mais ansiedade no seu dia-a-dia. Ao invés de fiscalizar seu peso, por exemplo, foque na saúde física e mental que os nutrientes trazem.

Os pedidos por aplicativo e Delivery não estão proibidos, mas devem existir cuidados. Ter um limite de pedidos por mês, especialmente para os pouco saudáveis, é uma boa maneira de equilibrar a alimentação.

Permita flexibilidade na sua cozinha, tendo uma boa dose de bom-senso em mente. Assim, o ato de comer fica mais leve e agradável em todas as refeições.


Durante a crise do coronavírus, podemos ficar desanimados.

Em meio à tanta confusão, o primeiro passo para recuperar o controle é otimizar seu estilo de vida. Afinal, manter o corpo e mente saudável é indispensável.

Veja Também