Dia do trabalhador: como ter uma vida profissional mais feliz | Faculdade IBRATE - Graduação, pós-graduação e cursos na área de saúde

Notícias & Novidades

Dia do trabalhador: como ter uma vida profissional mais feliz

O dia 1º de Maio é comemorado o Dia Mundial do Trabalho/Trabalhador. O data foi criada para homenagear uma greve ocorrida em 1886, na Chicago, nos Estados Unidos. Na ocasião, milhares de trabalhadores reivindicaram uma redução da jornada de trabalho.

A jornada normal de trabalho dos brasileiros, conforme a legislação trabalhista, é de oito horas diárias e 44 horas semanais. A despreocupação em buscar o bem-estar durante esse período está entre os maiores erros dos atuais profissionais.

Mas, diante de uma vida corrida, entre – em muitos casos – , universidade, casa e a própria quantidade de trabalho, como buscar a felicidade no ambiente profissional? Os caminhos são muitos.

A sensação de felicidade e motivação no ambiente de trabalho garante que o dia seja mais proveitoso, os resultados são melhores e traz benefícios até para a saúde e o bom relacionamento familiar.

Você é feliz no seu trabalho? Será que é possível alcançar essa felicidade? A coach Janaina Manfredini, da Effecta Coaching, responde que sim. “Independentemente da profissão escolhida, o primeiro passo é trabalhar por uma razão, algo que tenha valor e que entregue valor. Trabalhe com um propósito e por algo que faça sentido para você, será mais fácil atingir melhores resultados e ser feliz”, conta. Para comemorar a data do Dias dos Trabalhadores, a especialista compartilha cinco hábitos diários que são alguns dos caminhos da felicidade no ambiente profissional.

Valorize o seu trabalho
Conheça o valor que o seu trabalho tem para a organização. É comum encontrar pessoas que não se dão conta da importância do que fazem. Se você não fosse importante para o resultado final, acredite, você não estaria lá. Cada colaborador é importante e fundamental para que os resultados sejam alcançados. Tenha em mente sempre a importância do que você faz.

Envolva-se verdadeiramente com o propósito da organização
Entenda qual é esse propósito e importe-se com ele. Se coloque no lugar dos líderes, participe das conversas evolutivas e das soluções. Esteja disponível para contribuir com o que for preciso e possível. Isso fará você se sentir mais feliz a cada pequena ou grande realização.

Avalie sua performance
Como você avaliaria seu trabalho se fosse seu líder, seu colega, seu par, seu liderado, seu cliente, seu fornecedor? Reflita sobre isso. Preste atenção nos feedbacks que recebe, sejam eles formais ou não. Eles são uma maneira de avaliar como está o seu desempenho. Os bons profissionais estão sempre observando toda oportunidade de melhoria. E muitas dicas podem vir das pessoas que convivem com você. Ter a consciência do seu desempenho vai te tornar mais confiante e consequentemente mais feliz.

Colabore com as pessoas
Ajudar também traz o sentimento de felicidade, sabia? No seu setor ou em setores diferentes, seja participativo, cultive bons relacionamentos, trate todos com respeito, tolere as diferenças, entenda que as pessoas são diferentes, agem e aprendem de formas diferentes, cada um tem seu tempo, seu jeito e suas crenças. Diferente não é melhor nem pior, apenas diferente.

“Reapaixona-se” diariamente
Por você, pelo que você faz, pelas pessoas a sua volta, por sua organização. Afinal, nada é perfeito e tudo pode melhorar. Basta colocar em foco o que é positivo. “Reapaixonar-se” é o ato de você olhar para o que é bom e lembrar dos motivos de você fazer o que faz. É preciso trazer todo o positivo para a mente para que se tenha força de contribuir com a melhoria de tudo. “Reapaixonar-se” pelo trabalho todos os dias faz toda a diferença para ser realmente feliz profissionalmente.

Publicado originalmente AQUI

Conheça a proposta do nosso curso de GRADUAÇÃO TECNÓLOGO EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS


Siga o IBRATE e acompanhe as novidades!

Veja Também